Especialidades

Cirurgia Refrativa, LASIK e PRK

Os erros de refração (miopia, hipermetropia, astigmatismo) podem ser tratados através de diferentes técnicas cirúrgicas, com o objetivo de diminuir a dependência, ou até mesmo eliminar a necessidade do uso de óculos ou lentes de contato.

A cirurgia refrativa com o Excímer Laser é a mais realizada hoje em dia.

O Excímer Laser utiliza radiação ultravioleta para remodelar suavemente a superfície da córnea, modificando suas curvaturas, corrigindo assim, os erros refrativos.

Duas técnicas podem ser realizadas: PRK e LASIK.

PRK

No PRK, é feita uma raspagem da superfície da córnea para remoção do epitélio, para após ser realizada a aplicação do laser.

Terminado o procedimento, uma lente de contato terapêutica é colocada sobre a córnea, com o intuito de aliviar o desconforto nos primeiros dias do pós-operatório.

LASIK

No LASIK, cria-se primeiramente um flap na superfície da córnea, para após ser feita a aplicação do laser. Terminada a aplicação, o flap é reposicionado.

Esse flap pode ser confeccionado com um aparelho chamado microcerátomo ou com laser de femtosegundos.


Outras técnicas podem ser indicadas, dependendo da idade do paciente e do grau a ser tratado, assim como condições que contra-indiquem a cirurgia corneana.

Pacientes com graus elevados de miopia, bem como em pacientes que tem a córnea fina e/ou com outra contra-indicação - como no ceratocone - que impeça o tratamento com o laser de Excímeros, podem se beneficiar do implante das lentes fácicas. Estas lentes são implantadas cirurgicamente dentro do olho, a ai permanecem até o desenvolvimento da catarata, quando são retiradas facilmente antes do procedimento da cirurgia de catarata.

Para os pacientes que já desenvolveram a catarata, lentes intraoculares com desenhos especiais podem ser utilizadas para a correção dos erros refrativos, incluindo ao astigmatismo e a visão de perto.

Uma alternativa para pacientes com vista cansada que desejam se submeter à uma correção cirúrgica é a substituição do cristalino transparente por uma lente intraocular multifocal. 

É um procedimento seguro e eficaz semelhante à cirurgia de catarata. Estas lentes permitem a correção da visão de longe e de perto. A sua indicação depende de um exame medico oftalmológico cuidadoso além de um perfeito entendimento das limitações da técnica pelo paciente. Por isso uma conversa minuciosa com seu médico é fundamental para o sucesso da cirurgia.